Crítica do filme "Hoje Quero Voltar Sozinho"

29.4.14


Eu ACABEI de voltar de cinema e tinha que vim pra cá correndo escrever a crítica de filme que já me pediram tanto para fazer, mas antes de começar devo logo avisar que tudo que você lera aqui vai ser apenas a minha opinião onde é seu dever respeita.
O filme começa enquanto a Gi e o Leo estão na piscina e aparentemente de férias da escola conversando sobre a vida, onde a Gi já está falando sobre o ser "príncipe encantado" que na na verdade nem precisa se quer ser realmente um príncipe.
No decorrer do filme são mostradas algumas cenas no Leo sofrendo bullying mas pelo fato de ser cego e não por ser gay, onde parece que ele não liga muito, dai dessa primeira cena da escola é onde o Gabriel chega, e uma coisa que eu achei estranha foi o fato deles terem cortado a cena em que os protagonistas se conhecem de fato e pulam logo pra quando os três já estão indo deixar o Leo em casa, mas tudo bem.
Em geral, uma coisa que eu achei ótima foi o fato deles não terem ido no caminho do apelo sexual e isso foi o que tornou o filme uma coisa muita fofa, onde as cenas mais "fortes" foram a que o Leo aparentemente se masturbou e a que eles estão tomando banho no banheiro do acampamento.
Tudo foi muito bem escrito e sem dúvida original, sentia que o Brasil estava muito pobre de filmes que abordassem esse tema que não fossem comédias besteirol da globo como foi "Crô". Na hora das cenas de beijo e na do banho, o cinema não contia os gritos (e eu fui um dos que mais gritou kk).
Enfim, gostei tanto que acho que posso dizer que esse foi um dos meus filmes favoritos e o melhor que vi esse ano, e olha que eu já vi muitos desde janeiro, por isso dou os meus parabéns a todos que participaram e fizeram esse filme.

Nenhum comentário:

Postar um comentário